vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: Primeiro Festival da Banana movimenta Sabará no fim de semana :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
AGENDA

Primeiro Festival da Banana movimenta Sabará no fim de semana
 

Culinária e artesanato feitos com uma das bananas mais saborosas de Minas Gerais vão mudar a rotina do distrito de Ravena, em Sabará, na Grande BH, que realiza o primeiro Festival da Banana do município. O objetivo do evento é incentivar a produção agrícola, gerar trabalho e renda e preservar o meio ambiente, freando o crescimento desordenado na região. Um tripé que resgata a auto-estima dos moradores e cria mecanismos para aumentar a qualidade de vida do distrito.

Além de causos e música, o visitante encontrará, nos três dias do evento, pães e roscas feitas com a fruta, banana chips, caldo de banana verde, vários doces, culinária regional e o umbigo de bananeira, de onde se extrai um palmito que, cozido com carne, é recheio de várias iguarias. O artesanato inclui itens como embalagens, anjos, bruxas, bonecas e reproduções da Santa Ceia.

O evento tem apoio da prefeitura e da Emater.

Minicircuito da banana

A artista plástica e publicitária Maria Tereza Penna, presidente da ONG Mineiridade em Pencas, à frente do festival, conta que mesmo sem apoio financeiro do poder público, foi possível capacitar 250 mulheres para trabalhar com a palha da bananeira e gerar renda para a região. Ela acredita que o festival vai abrir caminho para um projeto maior, que é criar o minicircuito da banana dentro da Estrada Real. Uma trajetória ao inverso, que prevê o incremento da produção local para atrair o turismo e movimentar a economia. Os municípios envolvidos são Sabará, Caeté, Taquaraçu de Minas, Barão de Cocais, Catas Altas, Santa Bárbara, Bom Jesus do Amparo, Santa Bárbara, Nova União e provavelmente Itabira.

"E já temos um projeto aprovado pela lei Rouanet, do Ministério da Cultura, que objetiva capacitar nove municípios produtores para criar um catálogo que reúne o artesanato e os pontos turísticos da região, como grutas, cachoeiras e os centros de referência. Agora estamos atrás de patrocínio", conta. Ela salienta que empresas interessadas terão isenção total do Imposto de Renda. O catálogo será doado a bibliotecas, secretarias de cultura e agências de turismo.

Qualidade reconhecida

O assistente técnico da sessão de agroqualidade da Ceasa (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais), Romeu Diniz, afirma que a banana de Sabará é reconhecida por sua qualidade. "O pessoal comenta muito no varejo que a banana prata de Ravena é mais doce, conhecida por ser mais saborosa", afirma.

Além de vender para feiras livres e o varejo de Belo Horizonte, em 2008, o município de Sabará mandou para a Ceasa 446.386 quilos de produtos hortigranjeiros. Desse total, foram 122.234 quilos de banana prata e 33.504 de banana nanica. O município participou ainda com jiló comprido (109.136 quilos), tomate santa cruz (52.250 quilos) e pimentão (36.170 quilos), entre outros itens.

 
Edição: 681
Postado em: 9/29/2009 4:48:18 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 674

.
.
aa
aa

.