vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: AGITAÇÃO E DESATENÇÃO PODEM SER SINTOMAS DE HIPERATIVIDADE :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
CAPA

AGITAÇÃO E DESATENÇÃO PODEM SER SINTOMAS DE HIPERATIVIDADE
 
 

 

A psicóloga Maria Luiza Abreu e a coordenadora de educação especial da Secretaria de Educação de Sabará, Isabel Carlos de Barros, falam sobre crianças hiperativas

 

 

O Transtorno de Déficit de Atenção - Hiperatividade (TDAH) é um problema que surge na infância. Normalmente, as crianças que sofrem desse mal são freqüentemente rotuladas de "problemáticas", "avoadas", "malcriadas", ou, até mesmo, "pouco inteligentes". A razão disso é o fato deste transtorno continuar sendo pouco conhecido, apesar dos estudos a respeito terem se intensificado nas últimas décadas. De acordo com um artigo publicado no British Journal of Psychiatry, jornal destinado a pesquisas médicas na Inglaterra, apenas 3% das crianças são realmente diagnosticadas com a desordem do déficit de atenção e a Hiperatividade é dez vezes mais comum nos meninos do que nas meninas.

As causas exatas da hiperatividade são desconhecidas. Mas a comunidade médica teoriza que o comportamento hiperativo pode estar relacionado à paralisia cerebral, intoxicação por chumbo, abuso de álcool ou drogas na gravidez, reação a certos medicamentos ou alimentos e complicações de parto. Estudos afirmam que metade das crianças hiperativas têm menos problemas comportamentais quando seguem uma dieta livre de substâncias como flavorizantes, corantes, conservantes, glutamato monossódico, cafeína, açúcar e chocolate.

Segundo a psicóloga e coordenadora do Núcleo psicopedagógico da Secretaria de Educação de Sabará, Maria Luiza Abreu Ferreira, os Hiperativos são incapazes de filtrar estímulos e são facilmente distraídos. Essas crianças podem falar muito alto e em momentos inoportunos. Elas estão sempre em movimento, são incapazes de ficar quietas e são impulsivas. Têm o sono agitado, não param para olhar ou ouvir. Devido à sua energia, curiosidade e necessidade de explorar, são propensas a se machucar e a quebrar coisas. Elas toleram pouco as frustrações, discutem com os pais, professores, adultos e amigos. Fazem birras e seu humor flutua rapidamente. Essas crianças também tendem a ser muito agarradas às pessoas.

O neurologista do Centro Municipal de Atendimento Especializado, (Cemae), Breno Minas, diz que a Hiperatividade não é fácil de ser diagnosticada e os sintomas podem ser confundidos com outras causas psicológicas. Depois de constatado o transtorno, é receitado a Ritalina, um estimulante do sistema nervoso central. “Este remédio aumenta o número de neuro-receptores necessários para ter atenção mas a medicação não é recomendada crianças menores de 6 anos”, explica o neurologista. Ele ressalta também que o resultado do tratamento varia em cada paciente.

O médico aconselha iniciar o tratamento na infância, período mais complicado do transtorno por atrapalhar o aprendizado escolar e o desenvolvimento psicosocial. “Se não tratar a criança ela poderá chegar na fase adulta com dificuldades de relacionamentos sociais e profissionais”.

Os Hiperativos têm dificuldade em prestar atenção e aprender. Para a coordenadora de educação especial da Secretaria de Educação de Sabará, Isabel Carlos de Barros, a criança apresenta um quadro de dificuldade de aprendizagem devido a atenção que é dispersa, e não porque ela não tem inteligência. Segundo a coordenadora a criança é capaz mas não consegue desacelerar o sistema nervoso a ponto de utilizar o potencial mental necessário para concluir uma tarefa. Os professores são orientados a fazer um trabalho diferenciado com esses alunos. Segundo Isabel, o recomendável é que a criança freqüente uma sala de aula com menos alunos, que não tenha muito estímulo, para não prejudicar a atenção e concentração, e que tenha acompanhamento psicopedagógico. Isabel ressalta ainda que os pais têm que ter consciência do problema porque, normalmente, isso é confundido com falta de educação. A coordenadora acrescenta que a Hiperatividade não passa com a idade e que a criança tem que aprender a lidar com o transtorno para ser um adulto controlado.

Conforme informações divulgadas pela psicóloga e coordenadora do Núcleo Psicopedagógico da Secretaria de Educação de Sabará, Maria Luiza Abreu Ferreira, foram diagnosticados por médicos, quinze casos de Hiperatividade em crianças da rede municipal de ensino, de janeiro a setembro deste ano. Maria Luiza relatou que há três crianças, de Sabará, altamente Hiperativas que estudam em colégio particular de Belo Horizonte como bolsistas para terem um acompanhamento diferenciado. Um tratamento que vem dando certo é a cinoterapia, que é uma terapia que utiliza cães no desenvolvimento das crianças.

Possíveis sintomas de Hiperatividade.

 

 

 

 

  • freqüentemente está agitando as mãos e os pés e se remexendo na cadeira.
  • freqüentemente se levanta da cadeira em sala de aula ou em outras situações em que deveria permanecer sentado.
  • freqüentemente está correndo ou subindo, em situações em que isso não é adequado (em adolescentes e adultos, pode se limitar a sensações subjetivas de inquietação).
  • com freqüência tem dificuldade de brincar ou se envolver silenciosamente em atividades de lazer e está freqüentemente acelerado, ou como se estivesse “a todo vapor”.
  • freqüentemente fala em demasia e tem o sono agitado, não consegue descansar nem mesmo dormindo.

 

 

 

Observe se seu filho...*

somente um médico poderá diagnosticar o transtorno

 

 

 

 

 

 

 

 
Edição: 650
Postado em: 10/26/2007 3:40:07 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 635

.
.
aa
aa

.