vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: DIA DE FINADOS :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
COMUNIDADE

DIA DE FINADOS
 

 Como já é de costume todos os anos, o cemitério Municipal de Sabará e o cemitério da Irmandade do Carmo, foram marcados por muitas visitas, no dia dos finados. Familiares e amigos compareceram nessa data, para prestarem uma homenagem aos seus entes queridos, levando uma oração em sinal de respeito e relembrando tantos anos de consideração. Os túmulos de ambos os cemitérios foram cobertos de flores e velas, que muitas pessoas, que passavam por lá, deixavam.

Denis Rocha, que reside no Centro de Sabará, fala sobre a importância de orar pelos finados. “Eu venho aqui desde 2006 para visitar o Padre Pedro. Tinha muita consideração por ele, e ainda tenho até hoje pela alma dele. É sempre importante fazer uma oração, para que ele possa de lá, iluminar a gente”, confirma Denis Rocha, que estava presente no cemitério da Irmandade do Carmo. Márcio Passos, que mora na praia dos bandeirantes, também estava no cemitério da Irmandade, visitando o seu padrinho José das Neves. “É uma data que a gente nunca esquece. Temos sempre que marcar presença em consideração aos anos em que vivemos juntos”, diz.

No cemitério Municipal de Sabará, houve a celebração de missas, onde todos os que estavam presentes, participaram e oraram mais uma vez em homenagem aos que já se foram. Ilda, da rua das Mercês lembrou do pai Pedro Teixeira, que faleceu há seis anos. “É sempre bom orar sempre pelo espírito dele”, garante. Wesley, ao lado da mãe, também visitou o seu pai, e ressaltou o valor de relembrar o ente querido, não só no dia dos finados, mas também em outras datas especiais.

A igreja católica relembra e reza pelos falecidos desde o século II. A partir do século V os cristãos dedicavam um dia do ano para orar por todos os mortos, até mesmo aqueles que ninguém lembrava. Mas foi só depois do século XI, que os papas Silvestre II e Leão XI passaram a obrigar toda comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII, o dia dos finados passa a ser comemorado em 2 de novembro, pelo fato de ser um dia depois da festa de todos os santos.

 
Edição: 694
Postado em: 11/12/2008 1:40:42 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 1920

.
.
aa
aa

.