vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: PODER JUDICIÁRIO AGUARDA DENUNCIA OFICIAL DE CANDIDATO DERROTADO :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
POLÍTICA

PODER JUDICIÁRIO AGUARDA DENUNCIA OFICIAL DE CANDIDATO DERROTADO
 

 As eleições terminaram no dia 5 de outubro, com a vitória de William Borges e Argemiro Ramos. Mas, desde que tiveram esse resultado são alvos de comentários por toda a cidade. Segundo boatos a eleição teria sido impugnada e os votos não haviam sido totalmente contabilizados. O juiz eleitoral, Dr. Rogério Santos Araújo Abreu, considera que está havendo desinformação e manipulação de idéias, fazendo com que as pessoas não saibam em quem acreditar, porque de certa forma um político tem um alto poder de convencimento. O juiz garante que não houve nenhuma irregularidade na apuração dos votos e que a eleição não foi impugnada. Ainda lembrou que a apuração aconteceu com total transparência na presença do juiz, da promotora, da junta apuradora, de técnicos, fiscais e candidatos dos partidos e coligações, que estavam devidamente cadastrados. “Tivemos apenas um atraso na apuração porque algumas urnas tiveram problema com o módulo impressor, o que foi resolvido pelos técnicos. Foram contabilizados os 100% dos votos, não temos interesse em prejudicar ou favorecer A ou B”, afirma o juiz.

De acordo com Dr.Rogério, a coligação do candidato Diógenes Fantini (PSC), ajuizou uma ação de impugnação do mandato eletivo, na semana passada, que está em segredo de justiça. “O que posso dizer é que julguei e encerrei o processo sem entrar no mérito da causa, por entender que aquele não era o momento apropriado para esse tipo de processo, que só começa a tramitar quando acontece a diplomação do candidato eleito. Então encerrei o processo por ter de seguir a legislação, a doutrina e a jurisprudência. A parte contraria William Borges e Argemiro Ramos nem foram notificados para responder, porque não foram diplomados”, esclarece o juiz, que também explica que futuramente quando William e Argemiro forem diplomados, o candidato Fantini tem dois caminhos a seguir, sendo eles: repetir a ação de impugnação de mandato eletivo ou entrar com um recurso contra a diplomação dos futuros administradores, mas que para isso deve seguir o tempo determinado pela lei. “Se o candidato Fantini tem suas convicções, se ele considera que houve alguma irregularidade no procedimento de algum partido ou coligação, tem o direito de lutar por isso”, disse Dr. Rogério. Também deixou claro que esse processo ajuizado por Fantini não se relaciona quanto à apuração dos votos que aconteceu corretamente. Ainda segundo o Juiz eleitoral em momento algum nem o candidato derrotado ou políticos do partido procuraram por ele, para pedir explicação. “O Fórum está de portas abertas para tirar as dúvidas dos cidadãos sabarenses”, finaliza o juiz.

Promotora

A promotora, Dra. Marise Alves Silva, em entrevista confirmou as informações do juiz eleitoral. Garantiu que todo o processo eleitoral foi feito com lisura “Todos que estavam credenciados entraram no cartório, onde aconteceu a apuração dos votos e ninguém apontou nenhuma irregularidade. Nós não fomos procurados por uma pessoa que apontasse claramente qual foi o problema com a contabilização. O que temos ouvido são boatos e não temos como nos defender de boatos. Eu como promotora estava no cartório para fiscalizar, não me prestaria a qualquer irregularidade”, afirma a promotora.

A promotora sugere que seja marcada uma reunião civilizada para que as pessoas que sabem de alguma irregularidade falem claramente o que está acontecendo, para que a justiça tenha ao menos como se defender. “Se vier alguém vou atender, não vou mandar prender ninguém. Me comprometo chamar a chefe do cartório eleitoral, a junta apuradora, para que possamos responder todos os questionamentos dos eleitores. A minha indignação é com a inconsistência das denuncias, porque não chega uma pessoa para apontar onde está o erro”, desabafa a Dra. Marise.

 
Edição: 693
Postado em: 11/3/2008 3:09:48 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 302

.
.
aa
aa

.