vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: MÃES REVELAM HISTÓRIAS E CONTAM O QUE PASSARAM DURANTE A CAMPANHA DOS FUTUROS ADMINISTRADORES :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
CAPA

MÃES REVELAM HISTÓRIAS E CONTAM O QUE PASSARAM DURANTE A CAMPANHA DOS FUTUROS ADMINISTRADORES
 

Saiba mais sobre a vida do futuro prefeito da cidade

O sabarense William Lúcio Goddard Borges (PV), 43 anos, divorciado, administrador de empresas, cursa, atualmente, o 8º período de Direito, será o futuro prefeito de Sabará. Sua família é bem numerosa, tem sete irmãos . Seu pai , José Borges, é mais conhecido como Nono, e a mãe dona Nancy Borges. Ela conta à história e as travessuras do filho desde que era pequenino. Desde bebê William gostava de surpreender os que o cercavam. “Deixei ele no colo de uma tia, enquanto fui buscar alguma coisa dentro de casa. Ele desceu do colo e caminhou pela primeira vez. Então as vizinhas me gritaram para ver. Ao chegar à rua, o William estava correndo. Ele não deu passinho por passinho. Saiu correndo como se estivesse em uma competição. Isso me marcou”, relata a mãe.

Na escola William não tinha paciência para prestar atenção nas aulas, porque já sabia o que a professora ia ensinar, constantemente estava à frente. “Sempre foi inteligente. Estudava junto com irmão Weber, que é 11 meses mais velho. Eram muito apegados um com o outro. Então tinha vezes que o William, mais pra frente que o irmão, dizia que só iria à escola se o Weber levasse a pasta e a merendeira dele. O Weber levava numa boa. Acabei mudando eles para uma escola mais adiantada para que o William tivesse um ensino mais avançado”, fala dona Nancy. Também recorda das brincadeiras, do futebol que o filho gostava de jogar na rua. “Depois de tomar banho, todo limpinho William ia para rua jogar bola e chegava com as pernas e os pés sujos. Então eu mandava ele esquentar água para lavar os pés. Ele falava, manda o Weber esquentar, que eu lavo. O irmão fazia tudo para ele”, relembra.

No período da campanha dona Nancy, acompanhou tudo de pertinho, foi em alguns comícios e revela que sempre acreditou e apostou na Aliança por Sabará. “Agora Daqui para frente o William e o Argemiro devem continuar trabalhando juntos. Peço a Deus que os abençoem e os acompanhem, dando condições deles trabalharem pensando na cidade como um todo”, disse dona Nancy.

Seu Nono, como José Borges gosta de ser chamado, conta que teve só filhos homens, isso o ajudava no relacionamento com os meninos. “Os orientava, corrigia, era um relacionamento sério, ensinava sobre a própria vida e sobre o futuro deles, mas o William era o que mais questionava e queria saber de tudo. Nunca se deixava vencer. Batia de frente ”, disse seu Nono, que relembra das serestas que o filho fazia por gostar muito de tocar violão e guitarra. Já acostumado com o mundo da política, seu Nono não surpreendeu muito, mas disse ter ficado sentido devido às ofensas feitas pela oposição. “Nossa Campanha foi feita com seriedade, honestidade e respeito ao cidadão e não com ataques aos adversários”ressalta o pai de William. Seu Nono disse que sempre acreditou na vitória e que agora o futuro prefeito deve espelhar em seu irmão Wander, que fez muito por Sabará, quando prefeito e continua fazendo como deputado estadual. “O William deve fazer um governo sério, respeitando a participação popular, fazer uso e prestar contas do dinheiro público com toda a seriedade, com uma equipe honesta de trabalho. Porque isso sim, mostrará ao povo sua dignidade e capacidade para exercer o cargo”, ensina o pai.

 

Conheça mais sobre a vida de um dos futuros administradores de Sabará

O futuro vice-prefeito da cidade é Argemiro Afonso Ramos (PT), de 53 anos. É casado pai de três filhas com idades de 19, 24 e 25 anos. Argemiro tem três irmãos e uma irmã, seu pai tem o nome bem parecido com o dele Argemiro Ramos, só tira o 2º nome Afonso. A mãe se chama Ivone Pereira Ramos. Ela é que vai revelar um pouco sobre a vida do futuro vice-prefeito. Dona Ivone conta que ele era uma criança ativa, muito estudiosa e que nunca foi de dar muito trabalho, sempre foi aplicado e tirava ótimas notas na escola. “Ele gostava muito das professoras, principalmente da dona Líria. O relacionamento com os irmãos e amigos era muito bom, dificilmente saía uma briga, quando estavam todos juntos, brincado na rua. O que mais gostavam de fazer era jogar bola”, relembra a mãe. Também disse que sempre moraram na mesma rua, tendo amizade com toda a vizinhança, gostavam muito do Argemiro.

Dona Ivone recorda das festas que o filho fazia durante a adolescência. Em cada aniversário os colegas combinavam de fazer as comemorações em uma casa, eles mesmos preparavam tudo. “No aniversário do Argemiro, ele chegou para mim e disse, mãe não precisa fazer nada, porque, os colegas vão trazer. Escutei aquilo, mas mesmo assim fiz os preparativos para a festa e escondi, esperando para ver o que ia acontecer. Começaram chegar os colegas, cada um com uma garrafinha na mão, nada de comida. Então perguntei para o Argemiro, vocês vão só beber? Ele respondeu, não mãe ainda vão trazer a comida. Continuo chegando gente, e todos com as garrafinhas nas mãos. Até que chegou uma moça com um pacote de biscoito creme crak, era a única comida para a festa. Nisso ele chegou perto de mim e falou assim, é mãe, e agora o que vou fazer? Então fui até a cozinha e mostrei o que eu havia preparado. Ficou surpreendido e falou mãe a Sra. é doida, respondi para ele, vocês é que são doidos de fazer festa, só de refrigerante e biscoito creme crak” se alegrou dona Ivone.

A mãe de Argemiro, fala das dificuldades e aflições que passou durante a campanha eleitoral. “Foi muito cansativo devido aos boatos que surgiram, perdi noites de sono, pedi muito a Deus para iluminar e fazer o que fosse melhor, e o resultado foi à vitória”, ressalta. Ainda disse que continua pedindo a Deus para olhar pelo filho e ajudá-lo em cada decisão.

O pai, Argemiro Ramos, disse que o relacionamento com o filho era muito bom, mas que todas as vezes que precisava de corrigi-lo, por causa de alguma travessura ou erro que havia cometido, não pensava duas vezes. “Chegava junto, corrigia pensando em seu futuro”, argumenta o pai. Também contou que acompanhou os comícios e o orientava a não atacar ninguém, falar só sobre seus projetos. “Agora depois dessa vitória, digo a ele para ser humilde, honesto e trabalhar muito”, aconselha o pai.

 
Edição: 692
Postado em: 10/15/2008 1:37:33 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 1331

.
.
aa
aa

.