vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: MILITAR FAZ PARTO DE EMERGÊNCIA :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
ESPECIAL

MILITAR FAZ PARTO DE EMERGÊNCIA
 

 Policiais militares estão acostumados a passarem momentos de tensão no seu dia-a-dia devido ao tipo de serviço que exercem. Mas na tarde de quinta-feira, dia 2, o sargento da 15ª Cia Ind de Sabará, Claudiney Geraldo dos Santos, se viu em uma situação complicada e inusitada na qual ele foi obrigado a tomar uma rápida decisão que custaria a vida de uma criança. A guarnição da PM de Sabará voltava de Belo Horizonte, pela avenida dos Andradas, próximo a General Carneiro, quando foi abordada por outro veículo, um Palio que estava parado. Dentro do carro, estava uma mulher, Isabel Venceslau de Souza, 33 anos, em trabalho de parto. O bebê já tinha começado a nascer, mas a cabecinha da criança não havia saído totalmente e corria-se o risco de sufocamento, pois as narinas ainda estavam tampadas.

A mãe, Isabel, mora na rua Nelson José na Vila Coqueiros em General Carneiro e estava dentro do carro do seu cunhado que a levava às pressas para a maternidade da Santa Casa de Misericórdia em Belo Horizonte. Ao perceber que a criança começara a nascer, o cunhado parou o veículo e pediu ajuda à viatura da PM que passava no local naquele momento. Ao perceber que a criança estava sufocando e que provavelmente não daria tempo de chegar até ao hospital, o sargento Claudiney, tomou a iniciativa, entrou no veículo e com a ajuda do soldado Julerson, do sargento Roberto Silva e do tenente Lúcio, ele pôde fazer o parto de um lindo menino. “Eu pedi para o sd Julerson apoiar a barriga para ajudar a mãe a fazer força enquanto eu puxava o bebê. Assim que ele nasceu, tirei as secreções da sua boquinha e logo em seguida ouvimos o choro. Foi um alívio porque no momento em que chegamos ao local a criança estava roxinha”, relata o sargento. Mãe e filho foram levados imediatamente ao hospital, mas os militares informaram que mesmo depois do susto de ter nascido dentro de um carro, o atendimento na maternidade não foi rápido e que o bebê demorou para ser avaliado por um médico.

O inusitado é que não é a primeira vez que o sargento Claudiney passa por essa situação. Esse já é o terceiro parto de emergência que ele teve que fazer. “Acho que já estou ficando experiente nesse assunto. É muito gratificante saber que ajudei no nascimento de um bebê. Depois do parto, o menino foi o tempo todo, até ao hospital, segurando o meu dedo”, comentou Claudiney.

A criança nasceu saudável e chama-se Vítor Gabriel de Souza. Na quarta-feira, dia 8, ele recebeu, em sua casa, a visita dos militares que fizeram o seu parto e ganhou presentes. A mãe, dona Isabel, ficou satisfeita com a atenção dos policiais e agradeceu com um belo sorriso no rosto.

 
Edição: 692
Postado em: 10/15/2008 1:30:31 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 1226

.
.
aa
aa

.