vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: ALIANÇA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA ADMINISTRAR SABARÁ :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
POLÍTICA

ALIANÇA: IDÉIAS E PROPOSTAS PARA ADMINISTRAR SABARÁ
 

 A coligação “Aliança por Sabará” uniu 16 partidos no município sendo eles: PT, PCdoB, PDT, PV, PSB, PSDB, DEM, PP, PTdoB, PTB, PRTB, PTN, PHS, PR, PMDB e PSL. Todos acreditando num projeto político ousado e corajoso, em prol de um único objetivo, o crescimento e desenvolvimento de Sabará. A coligação busca captar recursos do governo federal e estadual para que Sabará possa realmente ter condições de realizar seus projetos para a saúde, a segurança, a educação, os projetos sociais e culturais, e para a geração de emprego e renda entre outros. Segue a opinião e esclarecimento de representantes políticos, que lutam e acreditam nesta coligação.

 

A presidente do PT em Sabará e membro da Executiva Estadual do PT, Maria do Carmo de Araújo Ramos, explica que as discussões para o processo político de 2008, iniciaram tão logo acabaram as eleições de 2004. Ela conta que este ano, na medida em que o processo eleitoral foi se aproximando, várias reuniões aconteceram envolvendo vários partidos. E, à medida que o tempo foi passando, as lideranças políticas e os partidos foram se definindo, ficando um grupo menor nesta discussão. O PT e o PCdoB sempre reafirmando o nome de Argemiro Ramos (PT) como candidato a prefeito. Após exaustivas reuniões, ficaram este dois partidos isolados, o que condicionou suas direções à conclusão de que o melhor seria fazer uma aliança política estratégica para ganhar essas eleições e o Argemiro como vice-prefeito ajudar a administrar a cidade, trazendo recursos do governo federal e o William, por meio do deputado estadual, Wander Borges (PSB) e também pelo governador do Estado, Aécio Neves PSDB, canalizar recursos para trazer melhorias para Sabará. “Entendemos que pela primeira vez na história da nossa cidade, o governo federal, estadual e municipal vão trabalhar de forma harmoniosa”, disse Maria do Carmo. Ela considera que a população ganhará, pois segundo a mesma, os recursos financeiros do município são poucos para tantas demandas e necessidades da comunidade. “Dessa forma entendemos que essa coligação vai contribuir muito para o desenvolvimento e crescimento de Sabará”, acredita Maria do Carmo.

Ela ainda completou que Argemiro entendeu a importância dessa aliança e num gesto de grandeza política entendeu que os interesses do município e da população são maiores que os interesses partidários. Que representantes da coligação, outrora adversários políticos sentaram e chegaram a um acordo visando o que seria melhor para a cidade, ou seja, fazer esta aliança política, pois boas parcerias podem melhorar a vida do povo. Portanto Argemiro colocou seu nome a disposição do partido e dessa forma se fez a aliança. Acreditamos que ele terá um importante papel nessa administração, porque a aliança não foi feita à procura de cargos, mas sim, de idéias e propostas que vão contribuir na administração de Sabará”, garante Maria do Carmo.



Para o secretário geral do PT, Rodrigo Souza Leite, uma das marcas do PT são os trabalhos sociais e as políticas voltadas para a população. “Então entorno disso, o partido abriu mão de lançar um candidato a prefeito, para que possamos através dessa aliança, implantar as políticas sociais que têm começado no âmbito federal e precisam existir em nosso município”, explica Rodrigo Leite. Segundo o secretário, o PT abriu mão de vaidades partidárias, devido às boas propostas para o município. “No início, às conversas foram muito inflamadas, tivemos pessoas favoráveis e contra, mas a partir do momento que ficou decido pela à aliança, o partido saiu unido. Não tivemos ninguém que deixou de ser candidato a vereador por causa disso, estamos todos unidos”, afirma Rodrigo Leite.



O vereador, Jéferson Lima (PT), admitiu que inicialmente foi contra a união pela coligação, mas depois viu que seria bom para Sabará. “Agora vemos essa aliança de uma outra forma em relação ao que víamos antes das negociações. É unindo forças que vamos alcançar as melhorias para o município. Eu era contra, mas temos de pensar o que é bom para o povo. O que queremos é ver a cidade crescer”, destaca Jéferson Lima.



O ex-presidente do PT e membro da Executiva do PT, João Natal Machado, é defensor árduo da aliança, por entender que é uma aliança política de idéias. “A cidade está ganhando uma oportunidade de crescer, de usar as experiências e as propostas do PT. No modo petista de governar juntando com as forças tradicionais da cidade, para que avancemos por Sabará”, acredita João Natal. Ele se pergunta, o que é mais interessante para a cidade, o PT entrar com suas propostas como as de orçamento participativo, restaurante popular, geração de emprego e renda ou reunir para fazer criticas? Na nossa avaliação, o PT contribui muito mais entrando no poder, responde João Natal. Também fez questão de lembrar que Argemiro foi indicado para ter um gabinete, uma equipe de governo, para que de fato exerça o mandato, junto com o futuro prefeito, William Borges. “Chamamos os sabarenses, que querem ver Sabará crescer e sair dessa posição miserável, para se juntar conosco nessa aliança por uma Sabará melhor” acredita João Natal.



De acordo com o presidente do sindicato dos metalúrgicos e presidente do PCdoB de Sabará, Marconi Domingos Roque, o PCdoB tem uma certa afinidade com as propostas políticas do PT tanto a nível nacional quanto aqui em Sabará. “Então, no caminhar das conversas, percebemos que as propostas de mudanças que defendemos para o desenvolvimento da cidade estão aliadas, e têm a possibilidade de concretizar com esta aliança. Estamos carregando e defendendo esta candidatura, porque acreditamos ser viável para Sabará. É questão de desenvolvimento municipal”, considera Marconi Domingos.



Para o secretário da juventude petista, Arthur Lopez, o que priorizou na decisão de aceitar a coligação foram às propostas para a juventude sabarense. “Levantamos nossa bandeira de ampliar e efetivar as políticas públicas da juventude no município”. Vejo essa coligação como uma aliança de idéias, de projetos que visam o crescimento de Sabará.



O membro do Diretório do PT de Sabará, Diógenes Antônio da Silva, define a coligação em duas palavras ousar e inovar. “Este é um meio do PT ajudar a cidade a desenvolver, principalmente nas políticas sociais e ajudar a tirar Sabará desta situação desconfortável como se apresenta na área da saúde, na questão profissional entre outras”, explica Diógenes. Ele pede que a população entenda e abrace esta causa, porque será para as crianças, para os jovens, para os idosos e para o futuro da cidade.



Mesmo não integrando a coligação “Aliança por Sabará” por não ter lançado candidato ao pleito deste ano, o presidente do PCB, Wagner Prazeres, acredita no sucesso desta coligação. Para ele é uma aliança que faz avançar uma cultura progressista em Sabará. “Significa uma conjugação de praticas e ideologias exatamente para aprofundar a democracia do partido no município. Partidos, são partes de um pensamento, e nada melhor que integrar estes diferentes pensamentos numa coligação, onde as pessoas podem livremente expressar seus pensamentos, visando o bem para os sabarenses”, coloca Wagner Prazeres.

 
Edição: 688
Postado em: 9/16/2008 3:58:05 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 1207

.
.
aa
aa

.