vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: CONSTRUÇÃO DO PRONTO SOCORRO :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
COMUNIDADE

CONSTRUÇÃO DO PRONTO SOCORRO
 

 Na edição de 1º de agosto a Folha de Sabará noticiou a possível construção do primeiro Pronto Atendimento da cidade. Tal ação seria uma negociação como medida compensatória da empresa Phoenix Mineração e Comércio Ltda para a comunidade sabarense. A empresa apresentou um projeto à prefeitura que tem como objetivo, o transporte do minério de ferro que seria retirado de uma mina situada na região do Taquaril pertencente a Belo Horizonte, pelas estradas sabarenses. Os caminhões com minério passariam em Sabará através dos bairros, Castanheiras e Roça Grande. Usariam a ponte do Rio das Velhas, indo pela MGT-262 até a Brivel, onde o minério seria lavado e depois seguiriam para o Anel Rodoviário de Belo Horizonte. Este projeto inclui a construção de estradas e melhoramento de vias de acesso onde os caminhões da Phoenix iriam passar até chegar a MGT-262.

O vereador Pedro Alves Martins, em reunião da Câmara, no dia 5 de agosto, relatou alguns pontos desfavoráveis sobre a atuação da Phoenix na cidade. Procurado pela Folha de Sabará, ele disse ser contra o translado do minério aqui na cidade. “Fiquei sabendo que o fluxo de caminhões utilizados será muito grande. Acho que nossa estrada não suportará o número de carretas. Parece que será um caminhão a cada dez minutos. É necessário uma audiência pública para que a empresa explique aos moradores tudo referente ao projeto”, argumenta o vereador. Ele disse ainda, que a poeira do minério também poderá causar problemas. “Pó de minério é prejudicial à saúde e temos um hospital ali em Roça Grande, o Cristiano Machado, ele com certeza será afetado”, diz Pedro.

Outro vereador que também não concorda com o projeto e pede mais esclarecimentos para a sociedade é Maurílio Barbosa. “Do ponto de vista ambiental e urbanístico, isso trará grande prejuízo a cidade, uma vez que o projeto é de passar 240 carretas por dia com capacidade de 35 toneladas cada uma. Será uma loucura”, comenta o vereador. Maurílio diz também, que a estrada de Sabará ficará sobrecarregada. “Recentemente a rodovia foi duplicada para dar mais segurança ao povo, mas creio que não terá mais tranqüilidade. Dirigimos atrás de caminhões de lixo que entram para o aterro sanitário e aumentará assustadoramente o fluxo com os caminhões da Phoenix. A MGT-262 virará a rodovia da morte”, ressalta Maurílio.

Ele diz ainda, que o bairro Roça Grande não comporta todo esse trânsito estimado e que as casas desse bairro são antigas, pequenas e serão prejudicadas, uma vez que podem ficar abaladas com o fluxo das carretas. Na sua opinião, “será um caos geral”. Maurílio é taxativo e afirma que não vale a pena aceitar a Phoenix no município em troca da construção do Pronto Socorro e diz que há outras grandes empresas na cidade que podem ajudar na construção do hospital e ressalta que a sociedade tem que ter esclarecimentos sobre o assunto. “Os órgãos ambientais tem que atuar, analisar a situação e discutir com a sociedade. É preciso mais informações para sabermos realmente se será bom para a cidade. Tenho certeza que os moradores não foram consultados quanto a esse assunto”, desabafa o vereador.

O diretor da empresa Phoenix, o engenheiro João Henrique, foi procurado pela Folha e não quis se pronunciar sobre o assunto no momento, mas afirmou que, por prudência, somente depois que a licença ambiental municipal e os demais documentos legais forem liberados, retornará com as negociações.

 
Edição: 685
Postado em: 8/25/2008 12:55:34 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 804

.
.
aa
aa

.