vossblues.no Parajumpers jakke Norge canada goose jacket sale canada goose jakker dame doudoune canada goose homme manteau canada goose pas cher canada goose jacket sale billiga canada goose jackor

:: Sabaranet.com.br :: O Portal de Sabará :: SABARÁ RECEBE PRÍNCIPE IMPERIAL :: REDAÇÃO ::
 

Veja todos os serviços de TELE-ENTREGA de Sabará
VEÍCULOS - CARROS
VEÍCULOS ANUNCIOS
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
TERRENO - CENTRO HISTÓRICO
CONSULTE

IMÓVEIS - LOTES
PROCURO NO SCHARLÉ
CONSULTE

OUTROS
SUA MAIS NOVA OPÇÃO EM SABARÁ!
CONSULTE

INFO - OUTROS
DIGITAÇÃO EM GERAL PARTICULAR E EMPRESA
CONSULTE

Inclua seu anúncio GRATUITAMENTE*
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

E-Mail:
Assinar
Remover


 
CAPA

SABARÁ RECEBE PRÍNCIPE IMPERIAL
 

No último dia 8, o Príncipe Imperial Dom Bertrand de Orleans e Bragança esteve em Sabará para participar das solenidades em homenagem aos 200 anos da Chegada da Família Real ao Brasil. O Príncipe é filho de Dom Pedro Henrique e Dona Maria da Baviera; bisneto da Princesa Isabel e descendente direto de Dom Pedro I e Dom João VI.

Dom Bertrand chegou a cidade com sua comitiva de acompanhantes, sendo recebidos por volta das 9 horas pelo prefeito Sérgio Freitas. Em seguida visitou o Teatro Municipal, a Igreja do Carmo, da Matriz e a do Ó e o Museu do Ouro. Após o almoço o Príncipe participou de uma conferência no auditório da Fundação Arcelor Mittal, onde importantes personalidades se pronunciaram, como Dr. Gilberto Madeira Peixoto, Membro dos Institutos Históricos e Geográficos de Sabará, Alto Rio das Velhas e Minas Gerais, Academia Mineira de Medicina e de outras instituições culturais e científicas, que falou sobre o tema “Dom João VI, o Inventor do Brasil”. Durante sua explanação destacou as conquistas de Dom João VI, que chegou no Brasil em 1808. “Dom João VI, foi primeiro a criar biblioteca, faculdade, jornal, jardins, indústrias, comércio exterior e bancos”, lembra Gilberto Madeira. Também contou que Dom João VI incentivou as artes, defendeu a fé e elevou o Brasil de colônia a Reino. Em seguida, encerrando a conferência, o principe Dom Bertrand fez seu pronunciamento relatando o Brasil de antes e o de hoje.

Para Dom Bertrand, nunca se festejou tanto a Chegada da Família Real ao Brasil como tem sido festejado este ano. Segundo ele o Congresso Nacional, as Assembléias Legislativas de todos os estados têm comemorado. “Meus irmãos e eu não temos mais mãos para medir tantos convites. Nós temos reabitado na memória das pessoas o grande monarca Dom João VI, que Napoleão Bonaparte, tanto odiava. Napoleão dizia que, Dom João VI foi o único rei que o enganou”, ressalta o príncipe. Também contou sobre os ditados populares que é usado pelas pessoas, como a expressão mandar alguém para o “quinto dos infernos”, ele conta que a origem histórica dessa expressão veio do único imposto daquela época, que era um quinto sobre a comissão do ouro, do qual sustentava e administrava toda a colônia brasileira e ainda ajudava a Portugal. “Mas como ninguém gosta de pagar impostos, então veio a expressão “o quinto dos infernos”. Naquele tempo era um imposto, hoje são mais de 60 impostos”, lembra Dom Bertrand.

O Príncipe relatou que o Brasil teve um benefício extraordinário com a independência. Contou que o país teve duas mulheres como chefe de Estado, a primeira foi Dona Leopoldina casada com Dom Pedro, príncipe regente, que ao viajar para o sul, em setembro de 1822, deixou-a como chefe de estado. Ela presidiu a reunião do Conselho de Estado, onde assinou um documento jurídico que decidiu pela independência do Brasil. Em seguida encaminhou uma carta para Dom Pedro, que ao ler decretou independência ou morte. A 2ª mulher foi a Princesa Isabel, que assinou a lei do Ventre Livre e mais tarde, em 1888, a abolição dos escravos.

Dom Bertrand considera a atual constituição casuística, caótica e esquisofrênica, porque segundo ele, é vinda de parlamentarista com sistema presidencialista, em que os próprios presidentes da república dizem que é impossível governar o país com esta constituição. “Prova disso são as criações de medidas provisórias”, disse Dom Bertrand. Depois de relatar importantes marcos da história brasileira, seguiu acompanhado por um cortejo de automóveis, pelas ruas do município, até o Campus da Faculdade de Sabará, onde a programação de sua visita continuou até o início da noite.

 
Edição: 684
Postado em: 8/15/2008 4:23:18 PM
Anuncios Sabaranet | Fone: 31 8590-4080
     

 

     


Veja mais notícias

 

Estrada Real

 

 

.

Visitantes on-line: 1537

.
.
aa
aa

.